quinta-feira, 2 de julho de 2015

Francisco Santos-PJ realizará Retiro Espiritual no dia 18 de Julho


Dia 18 de julho a Pastoral da Juventude de Francisco Santos irá realizar um retiro para todos aqueles que querem e pra os que já são coordenadores , será um dia de muita oração e formação contamos com a oração de todos para que a esta Pastoral da igreja Católica cresça cada vez mais.


 
O Retiro será na Serra do Coordenador da PJ,na Localidade Sitio,zona rural de Francisco Santos-PI,será o momento muito importante para que possamos fortalecer a nossa fé.

VEJA LOGO ABAIXO TODA A PROGRAMAÇÃO DO RETIRO


Retiro da Pastoral da Juventude

         Prezados irmãos de fé, convocamos com muita alegria sua presença neste retiro que tem como finalidade, fortalecer a nossa fé e nos forma cada vez mais, para que possamos com a luz do espirito santo guiar os jovens que foram confiados a nós! Um fraternal abraço!

Data: 18 – 07 – 2015 sábado
Local: Sitio (na casa de Carlos)
06:00 as 6:30 – Saída ( Salão comunitário )
07:00 as 7:30 – Caminhada
07:30 as 8:00 – Café (cada grupo leva uma parte para o café)
08:00 as 09:00 – Adoração ao santíssimo ( Padre Jonas)
09:00 as 10:00 - Estudo bíblicos ( Padre Jonas)
10:00 as 11:00 – Revisar a metodologia usada na Pastoral da Juventude ( Carlos César )
11:00 as 12:00 – Almoço e repouso
12:00 as 14:00 –– Divisão dos grupos:
Musica
Coordenação
Assessoria
14:00 as 15:00 – Partilha dos grupos
15:00 as 16:00 – Dinamizar

16:00 as 17:00 – Planejamento da Pastoral da Juventude.




Com informações do Coordenador da PJ de Francisco Santos

Francisco Santos- Pastoral da Juventude vai participar da XI da caminhada da paz que será realizada na cidade de Picos


        A Pastoral da Juventude de Francisco Santos marcará presença na XI edição da Caminhada da Solidariedade e da Paz que será realizada na cidade de Picos,no dia 05 de Julho de 2015.
Pastoral da Juventude de Francisco Santos,tendo palestra Ministrada pelo o ECC de Francisco Santos-PI
        A XI Caminhada da Solidariedade e da paz,terá inicio às 6 horas da manha em frente a Igreja São Francisco de Assis,no Bairro Junco.
Pastoral da Juventude participando dos festejos de São Pedro na Localidade Chupeiro
       A Pastoral da Juventude de Francisco Santos está confirmada a sua presença nesse grande evento que com certeza vai reunir uma imensa multidão,no ano passado foi estimado que 17 MIL pessoas tenha participa.
Equipe de música da PJ de Francisco Santos-PI
     Toda a Diocesse de Picos participará da XI Caminhada da Solidariedade e da Paz que está em clima de festa vivenciando e Festejando os 40 anos de Diocese.

  

Com informações de Carlos Cesar,Coordenador da Pastoral da Juventude de Francisco Santos












quarta-feira, 1 de julho de 2015

Horta Comunitária no Povoado Boa Viagem,KM 87 ajuda nas despesas de familias

        Horta Comunitária ajuda nas despesas de 5 familias no Povoado Boa Viagem,KM 87,lá existe plantio de Cebolinha,Coentro,pimentão,macaxeira,feijão,Melão e Kiabo.
Olegário Farias e sua mãe Dêde e a amiga Jucelia,na Horta Comunitária no Povoado Boa Viagem,KM 87
      As familias receberam o KIT irrigação o qual teve a ajuda do Deputado Federal Assis Carvalho e os Vereadores Garleno
e Siriá,e as familias ficaram responsáveis pela a Instalação do referido KIT,e hoje a realidade é diferente.
    A procura dos produtos da Horta Comunitária é muito grande,e assim o dinheiro que entra ajuda nas despesas do dia-a-dia.Isso mostra que a agricultura familiar quando tem investimento tem bons resultados a prova disso é  que estamos vendo na Horta Comunitária que fica Localizada na propriedade do Senhor Chiquim da Marcolina e familia.

terça-feira, 30 de junho de 2015

Banco do Nordeste vai abrir 10 novas agências no Piauí; veja as cidades!


A abertura das novas agências faz parte do plano de expansão do BNB, que visa ampliar a atuação no financiamento de projetos de desenvolvimento.
 / segunda-feira, 29 junho , 2015
Banco do Nordeste vai abrir 10 novas agências no Piauí
O Banco do Nordeste do Brasil vai abrir dez novas agências no Piauí e contratar em torno de 100 servidores aprovados no último concurso público da instituição, realizado em 2014. A informação foi dada pelo superintendente estadual do BNB no Piauí, Luiz Alberto da Silva Júnior. Segundo ele, o BNB tem R$ 1,187 bilhão para investimentos em projetos industriais e comerciais no estado este ano. O dinheiro faz parte do FNE (Fundo Constitucional do Nordeste).
A abertura das novas agências faz parte do plano de expansão do BNB, que visa ampliar a atuação no financiamento de projetos de desenvolvimento e melhorar o atendimento à carteira de clientes do banco, além de atrair novos clientes. “Nos últimos cinco anos tivemos crescimento médio de 7%, e hoje nossas agências já apresentam uma certa dificuldade estrutural para atender os clientes e absorver novos parceiros”, explica Luiz Alberto. “Daí a necessidade expandir o banco com a abertura de novas agências”.
Segundo ele, o plano de crescimento do banco foi lançado em 2012, quando o BNB tinha 187 agências no total. “Naquele ano lançamos o desafio de dobrar o tamanho do banco em cinco anos. Hoje, temos 287 agências e pretendemos chegar a 400 até o próximo ano”, diz Luiz Alberto. As novas agências serão abertas em Teresina, Parnaíba, Picos, Castelo do Piauí, Barras, Piripiri, Canto do Buriti, Fronteiras, Santa Filomena e União.
Além dos 100 aprovados em concurso público a serem contratados pelo banco, a abertura das novas agências deverão gerar mais 50 empregos indiretos, formado por terceirizados para áreas de limpeza e vigilância, por exemplo. O BNB tem hoje 18 agências no Piauí – são três em Teresina e as outras 15 em cidades como Parnaíba e Picos -, que atendem a aproximadamente 450 mil clientes.
Segundo o gerente de Governo do BNB no Piauí, Diogo Martins, os R$ 1,187 bilhão disponíveis no banco para o estado devem ser investidos em projetos da agricultura familiar e empreendimentos industriais, agroindustriais e comerciais. “Esse montante representa quase 10% do orçamento total do Banco do Nordeste para financiamentos de projeto em toda a sua área de atuação, que é de R$ 13 bilhões”, explicou. Segundo ele, o banco tem ainda R$ 700 milhões para o programa Crediamigo, que financia pequenos negócios informais.
Em 2014, só o Crediamigo financiou R$ 600 milhões, contemplando aproximadamente 54 mil clientes. Este ano, a previsão é de que sejam atendidos 60 mil clientes.
Fonte: Diário do Povo

V Copa TV Picos de Futsal:Veja os jogos das Oitavas de Finais

Fonte:Bitta Sports

Governo Federal deve cerca de R$ 1 bilhão aos municípios do Piauí

O Governo Federal deve aos 224 municípios piauienses cerca de R$ 950 milhões de “restos a pagar” referentes ao ano de 2014. A maioria dos recursos que já deveriam ter sidos pagos aos municípios são referentes às obras já executadas ou autorizadas. Assim, os municípios estão sofrendo pressão das empresas para quitar o débito e isso traz prejuízos de reputação aos prefeitos.
Os dados foram divulgados pela Confederação Nacional dos Municípios. Em nível nacional, a União deve R$ 43,7 bilhões de restos a pagar aos mais de 5 mil municípios do País . Do total, R$ 3 bilhões já foram executados – ou seja, as obras estão prontas e falta apenas as empresas receberem o pagamento. No Piauí, o montante da dívida da União com os municípios cujas obras já foram realizadas é de R$ 115 milhões.
Arinaldo Leal, Presidente da APPM
Os restos a pagar são recursos de convênios firmados entre as prefeituras e União para a aquisição de equipamentos e realização de obras, que não foram pagos dentro do ano para o qual estavam previstos. A liberação desses recursos foi uma das principais reivindicações da 18° Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios. É que, por conta da crise financeira, o Governo Federal tem demorado a liberar o pagamento.
Entre os órgãos federais que mais estão em débito com os municípios com relação ao pagamento de obras executadas, destacam-se o Ministério da Integração Nacional, com dívida de R$ 667 milhões, e o da Saúde, com R$ 566 milhões. Já com relação e restos de pagar de recursos autorizados, o campeão é o Ministério da Educação, com dívida de quase de R$ 10 bilhões, e o da Saúde, com R$ 9,3 bilhões.
O presidente da Associação Piauiense de Municípios (APPM), Arinaldo Leal, reclama que a Codevasf (Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba) está há oito meses sem repassar recursos aos municípios. “Atrasos sempre houve, mas nunca nessa proporção”, comenta.
Ele disse que, após os prefeitos reclamaram da liberação, o Governo Federal deu um até julho para que algumas obras fossem verificadas para se comprovar se estão obedecendo aos critérios regulares para que possam receber o dinheiro.
A reportagem completa você acompanha na edição impressa do Jornal O Dia de hoje (29).
Por: Robert Pedrosa- Jornal O Dia

Professor e alunos cultivam produtos orgânicos no meio da caatinga no PI

É possível produzir com qualidade nas terras áridas da caatinga. Foi com o objetivo de estimular esse sentimento nos moradores do semiárido piauiense que o engenheiro de alimentos Saulo Egídio Ribeiro, 37 anos, decidiu inovar. Há pouco mais de um ano, ele desenvolve, com a participação de alunos, a produção de hortaliças em uma área cercada de caatinga no município de São Raimundo Nonato, a 530 km de Teresina.
Saulo é natural da própria cidade e se formou em engenharia de alimentos na Universidade Federal da Paraíba (UFPB), mas depois de formado resolveu aplicar seus conhecimentos na terra natal. A ideia de cultivar os produtos nasceu quando ele era professor em uma escola agrícola na região Sul do Piauí.
Juntamente com alguns alunos ele preparou um terreno em um sítio distante 21 km da zona urbana de São Raimundo Nonato para colocar a experiência em prática. O local que produz diversos tipos de hortaliças sem o uso de agrotóxicos foi equipado com sistema de irrigação desenvolvido por ele e pelos estudantes. A água é oriunda de poços existentes perto do terreno.
1000
Professor e alunos cultivam produtos orgânicos no meio da caatinga no PI

“A ideia partiu da vontade de ver alguma coisa acontecer. Nós desenvolvemos esse trabalho devido a necessidade de provar que a nossa região pode produzir e produzir com qualidade”, disse o professor. Segundo ele, é preciso derrubar o mito de que no semiárido não é possível produzir frutas e hortaliças.
Saulo defende que é pssível produzir com qualidade no semiárido (Foto: Cristovão Braga/Arquivo Pessoal)Saulo diz que é possível produzir com qualidade no
semiárido (Foto: Cristovão Braga/Arquivo Pessoal)
Atualmente, a horta produz salsinha, coentro, alface, couve, rúcula, cenoura e até mesmo espinafre já está sendo cultivado como experiência. De acordo com o professor, a produção já está ajudando a abastecer o mercado local, que segundo ele ainda é bastante carente de produtos saudáveis.
“Os produtos que são vendidos aqui quase sempre vem de outros lugares e ainda contém agrotóxicos. A gente trabalha com o melhoramento, beneficiamento e agregação de valor aos alimentos. Nossa cidade é uma cidade turística e o turista quando chega quer produtos diferenciados”, disse o engenheiro.
O jovem Wesley Gomes Vila Nova, 19 anos, foi um dos alunos que participaram do preparo e desenvolvimento da horta. Natural de São João do Piauí, cidade distante 92 km de São Raimundo Nonato, ele passou mais de três meses se dedicando a experiência. Segundo ele, a iniciativa deu certo e agora é preciso incentivar os moradores a cultivarem esse tipo de produto.
“Quem fala que essa região é apenas seca é porque não conhece. Temos que acabar essa cultura de trazer produtos de fora e quebrar esse tabu. Não queremos produzir em grande escala, mas produzir de forma natural, organicamente”, falou o estudante. Segundo ele, muitas pessoas já estão mudando a concepção de que não se pode produzir com qualidade no semiárido.
Horta fica a 21 km da zona urbana de São Raimundo (Foto: Cristovão Braga/Arquivo Pessoal)Horta fica a 21 km da zona urbana de São Raimundo (Foto: Cristovão Braga/Arquivo Pessoal)
Depois de participar do projeto com o professor Saulo, o estudante conta que já está aplicando o que aprendeu na propriedade do irmão. “Já estou começando a desenvolver algo semelhante em uma propriedade do meu irmão aqui em São João do Piauí”, informou o jovem.
E é esse tipo de iniciativa dos estudantes que orgulha o professor. Segundo ele, se os alunos aplicarem seus conhecimentos nas comunidades onde nasceram, grande parte do objetivo já estará sendo alcançado. “Será algo muito positivo para a região. Quem pegar um aluno que passou por aqui com certeza estará pegando um grande profissional”, falou orgulhosamente o professor.




Fonte: G1